Month: Março 2017 (page 2 of 2)

Juntos & misturados!

João 16

13  Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir.

14  Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu, e vo-lo há de anunciar.

15  Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso vos disse que há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar.

 

A Igreja crê na Trindade porque foi revelada pelo próprio Cristo. Essa verdade absoluta foi tratada e definida no Concílio de Nicéia, ano 325 AD, com a participação de 318 bispos de todo o mundo. Desde esse tempo, inimigos – dentro do próprio Cristianismo! – têm-se levantado para negar essa pedra basilar-fundacional de nossa religião. Até hoje, século XXI, na terra-brasilis, diversos grupos negam a Trindade; no entanto, para delírio deles, muitos trinitarianos cantam suas músicas e lêem seus textos (quem lê, entenda!).

Deve-se afirmar que, a dificuldade para compreender o mistério da Trindade é um argumento a favor, e não contra a sua verdade! Do lado de cá desse mundinho nosso, jamais – repito – jamais iremos compreender a Trindade em sua completude e concretude. Deus existe, e é um e múltiplo ao mesmo tempo. Nele, a unidade e diversidade se encontram, se fundem, e se dão a conhecer. Pode-se, naturalmente, não aceitar essa realidade – e pregar contra ela. Todavia, uma verdade não deixa de sê-lo porque alguém lhe nega! Deus é amor, portanto não pode ser um Deus solitário! Amar implica outro e/ou outrem! Há um que ama, um que é amado e algo (ah, o amor!) que os une.

Êitaaaa pastor! o senhor está “teológico demais” hoje! Será!? Então, tá! Façamos assim:

  1. Creiamos em Deus Pai todo-poderoso;
  2. Creiamos no unigênito Filho de Deus – a saber: Jesus Cristo;
  3. Creiamos no enviado do Pai e do Filho – a saber: o Santo Espírito.

Seguimos juntos & misturados, iguais & diferentes. Afinal, toda unanimidade é burra!

PCSampaio

Pastor e radialista em http://www.radiobenedictusfm.com

5585 9 9982 1165 WhatsApp DUO

Skype pcesarsampaio

Email paulocesar@benedictus.com.br

Você, um Arganaz!

Provérbios 30:26

Os arganazes são um povo débil; e contudo, põem a sua casa na rocha.

Antes de tudo imperativo é que entendamos o que é, de fato, um arganaz.

Acha-se mencionado quatro vezes na Escritura: em Lv 11.5 – em Dt 14.7, entrando no número daqueles animais, de que ninguém se podia alimentar, porque ‘ruminam, mas não têm a unha fendida’ – em Sl 104.18, como achando abrigo nas rochas – e em Pv 30.26, pertencendo às quatro pequenas coisas, que são muito sábias: ‘povo não poderoso, contudo fazem a sua casa nas rochas.’ o que se traduz por ‘arganaz’ é o Hyraz Spria-cus. Destes animais, parecidos com o nosso coelho, há ainda abundância na Síria – vivem nas rochas e procuram refúgio logo ao menor sinal de perigo.

De toda a descrição acima, mais vale a pena gravar na mente isso “povo não-poderoso, contudo fazem a sua casa nas rochas”. 

Para o meu leitor, que tem inteligência acima da média, já percebeu que esse tal de “Arganaz”, na verdade, é um tipo de coelho – sim, um tipo, mas não um coelho! O arganaz é de frágil compleição, embora extremamente ágil e inteligente, pois põe a sua casa na rocha – isso mesmo, na rocha! Vejamos o verso bíblico acima:

OS ARGANAZES SÃO UM POVO DÉBIL: são frágeis estruturalmente. São frágeis de aparência. Mas, são ágeis e estão sempre alertas ao menor sinal de perigo. Sabem eles que na(s) rocha(s) irão encontrar seguro abrigo. Isso nos remete à nossa estrutura igualmente frágil. O problema é que, ao contrário dos arganazes, a gente põe a confiança em outras coisas e pessoas – e daí vem enorme decepção! Se puséssemos nossa confiança na Rocha – que é Jesus Cristo – seríamos tão sábios como os arganazes.

CONTUDO PÕEM A SUA CASA NA ROCHA: releia o parágrafo acima. Pronto! Vá e faça o mesmo!

De uma vez por todas: construa a sua casa sobre a Rocha!

Pare de ser um coelhinho assustado!

Seja um ARGANAZ! Sim – você, um Arganaz!

Que Deus tenha piedade de nós! Senhor, tende piedade de nos!

PCSampaio

Pastor e radialista em http://www.radiobenedictusfm.com

5585 9 99882 1165 WhatsApp DUO

Skype pcesarsampaio

Email paulocesar@benedictus.com.br

Não é ninguém; é o pastor!

João 10:14

Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido.

Era um sábado, cerca de 11h30 da manhã, e o sol derretia o cérebro de qualquer um.  A campainha soou na casinha nr 157 da Vila Morena, periférico bairro de Fortaleza. Dona Chiquinha da Luz, crente, enfermeira aposentada de 65 anos, finalizava o almoço, e estranhou alguém à sua porta àquela hora – hora do almoço! Mariana, filha querida, 35 anos, mãe solteira,  foi solicitada a ir ver quem era à porta. Abriu e fechou a porta, e voltou correndo à cozinha para dar notícia. Dona Chiquinha – curiosa – perguntou antes: – Quem era!? Mariana respondeu de pronto: – Não é ninguém; é o pastor!

Mentiria se eu dissesse que o pastor – nesses últimos tempos – goza de credibilidade. Os falsos pastores têm arruinado a reputação dos homens sérios, pastores de verdade, comprometidos com o Evangelho e com a salvação do maior número de pessoas. Mariana, com sua resposta, apenas externalizou uma realidade “não é ninguém; é o pastor!” Dito de outra forma:  Mariana não era mais crente, e via no pastor, agora, um “joão-ninguém”. Da mesma forma, milhões se comportam desde sempre e sempre vêem o pastor como “ninguém”.

EU SOU O BOM PASTOR: Jesus Cristo é o verdadeiro pastor daqueles que – de coração – desejam segui-Lo . Siga a Jesus Cristo e você jamais irá se decepcionar. Seguir a “pastores-da-terra” pode resultar em grandes e graves decepções. Seja inteligente. Bom pastor tem nome: Jesus Cristo. O humano decepciona; o Divino, nunca.

E CONHEÇO AS MINHAS OVELHAS: Na casinha nr. 157 da Vila Morena, o pastor não pôde reconhecer Mariana à porta. Afinal, ela não era mesmo ovelha dele. No entanto, Mariana pôde reconhecer o pastor, pois costumava vê-lo em suas pregações via Internet. Estava desviada e até ganhara um filho, mas ainda tinha temor a Deus. Há umas perguntinhas a serem feitas ao meu leitor: você tem temor a Deus? Você se considera ovelha de Jesus Cristo? Você diria que é – de fato – reconhecido por Ele, o bom Pastor? Ou você anda desgarrado, desviado, como ovelha que não tem pastor?

E DAS MINHAS SOU CONHECIDO: Ovelha reconhece o seu pastor. Ovelha obedece o seu pastor. Ovelha ama o seu pastor. Seja o meu leitor ovelha; jamais um lobo.

Trimmmm! A campainha soou aqui! Vou ver quem é! Afinal, pode bem ser o meu pastor!

PCSampaio

Pastor e radialista em http://www.radiobenedictusfm.com

5585 9  9982 1165 WhatsApp

Skype pcesarsampaio

Email paulocesar@benedictus.com.br

Uma dor meio escondida…

Salmos 25:18

Olha para a minha aflição e para a minha dor, e perdoa todos os meus pecados

Estaria mentindo se aqui dissesse que não sinto dor(es). E diria a verdade se declarasse que existem diferentes tipos de dores. A rigor, grosso modo, a dor pode ser física e/ou espiritual. Para cada uma delas há um processo de cura – que pode ser breve ou longo. Isso depende de cada um. Pois cada um sabe a dor que tem, a dor que sente, a dor que chegou, desfez as malas e se instalou de vez, para ficar.

DOR FÍSICA: se você quebra uma perna, vai ao médico ortopedista; não vai à porta do vizinho para por ele ser curado. Não, isso não! A dor física, geralmente, é de ligeiro tratamento, desde que as recomendações médicas sejam observadas. Nesse caso, o médico não vai recriminar você pela quebradura; ao contrário, ele vai tratar de curá-la, e rápido.  Dentro de um tempo e metade de outro tempo você estará de volta às suas atividades normais. Benção total!

DOR ESPIRITUAL: mas, o que fazer se a dor é interna, na alma e no espírito, e ela – a dor – vai lhe corroendo por dentro, dia a dia, semana a semana, mês a mês, ano a ano, e você no fundo sabe que muito colaborou para essa dor-da-alma ter-se instalado fundo em você? Você chora de dia e de noite, e sempre disfarça quando alguém lhe pega de olhos vermelhos… Calma! Isso também tem cura! Sim, tem cura e você deve(ria) procurar o melhor dos médicos: Jesus Cristo de Nazaré. Ele pode curar você sem ajuda médica; também pode(rá) Ele curar você através da Medicina.  A Psiquiatria, ou mesmo a Psicologia, muito pode fazer por você. Não seja preconceituoso. Procure ajuda ainda hoje, talvez seguindo esse padrão:

  1. Ore a Deus em busca de sua cura;
  2. Procure a ajuda de um pastor e/ou de uma pessoa idônea e experiente;
  3. Procure a ajuda de um Psicólogo e/ou de um Psiquiatra;
  4. Não se enclausure em sua dor! Ela vai passar – sim, vai passar.

No verso bíblico acima, o salmista roga ao Pai que lhe olhe a dor e lhe perdoe todos os pecados. Por que não fazermos o mesmo!? Chega de chorar, chega de lamentar, chega de se culpar! Hora é de virar o jogo, e o capitão de seu time está a um passo de você! Na verdade, Ele tem estado dentro de você (se você já é, de fato, filho de Deus) ou Ele tem estado à sua porta pedindo para entrar em seu coração.

Sim, sempre há uma dor meio escondida bem no fundo d’alma e do espírito… Mas, hoje ela vai sair! Ah, vai sim!

Que Deus tenha piedade de nós! Senhor, tende piedade de nós!

PCSampaio

Pastor e radialista em http://www.radiobenedictusfm.com

5585 9 9982 1165 WhatsApp DUO

Skype pcesarsampaio

Email paulocesar@benedictus.com.br

Frouxo e chocho

2 Samuel 17:2

E irei sobre ele, pois está cansado e frouxo de mãos; e o espantarei, e fugirá todo o povo que está com ele; e então ferirei somente o rei.

Em língua portuguesa – salvo melhor  juízo – esse substantivo masculino (frouxo) aparece uma única vez em toda a Bíblia.

Frouxo significa: algo pouco apertado, solto, inseguro, que não merece confiança – e até mesmo nos lembra o comportamento covarde de alguém. Como sempre, de modo breve, analisemos o verso acima:

E IREI SOBRE ELE, POIS ESTÁ CANSADO E FROUXO DE MÃOS: esse conselho de Aitofel a Absalão não foi seguido, pois Deus confundiu tudo e, ao final e ao cabo, Davi não foi morto pelo seu próprio filho.  Houve livramento de Deus ao seu querido Davi. Deus continua o mesmo e, decerto e por certo, irá livrar você dos planos de seus adversários. Maior é o que está em você do que aquele que está no mundo – e no coração de seus adversários. Aliás, importa que tenhamos adversários. A vida seria muito tediosa sem adversários! Eles precisam estar vivos para assistirem a nossa vitória!

E O ESPANTAREI, E FUGIRÁ TODO O POVO QUE ESTÁ COM ELE: o povo de Deus não teme a nada nem a ninguém. Caiam mil à nossa direita, dez mil à nossa esquerda, não seremos atingidos de morte. Atravessaremos o ‘Jordão de nossa existência’ porque Ele – o nosso Senhor Jesus Cristo – estará sempre conosco. Nunca nos abandonará. Não fugiremos! Ao contrário, ele (diabolos) é que fugirá de nós (cf. Tiago 4.7).

 E ENTÃO FERIREI SOMENTE O REI: Davi não foi ferido nesse episódio. Você, distinto e amigo leitor, não será ferido. Continue confiando em Deus, que a tudo e a todos vê. A justiça será feita, no tempo de Deus, que nem sempre é o nosso. Tenhamos um pouco mais de paciência. Entreguemos – de fato – a nossa vida a Ele.

E assim, chegamos a mais uma segunda-feira, 06.03.2017. Desejo uma abençoada semana a cada um de meus quase sete leitores.

  • Respire fundo;
  • Mantenha olhos bem abertos;
  • Fale pouco;
  • Ouça muito;
  • Seja gentil e educado;
  • Ajude a quem precisa;
  • Esteja aberto ao novo; mas seja criterioso;
  • Faça novas amizades;
  • Ore sempre – sempre.

Não seja frouxo, tampouco chocho!

PCSampaio

Pastor e radialista em http://www.radiobenedictusfm.com

5585 9 9982 1165 WhatsApp

Email paulocesar@benedictus.com.br

Antes que se despedace o cântaro junto à fonte…

Eclesiastes 12:6

Antes que se rompa o cordão de prata, e se quebre o copo de ouro, e se despedace o cântaro junto à fonte, e se quebre a roda junto ao poço,

Cântaro vem de Kad (Hebraico) e tem a ver com “aprofundar, criar raízes” (cf. Gen. 25:14-28; Juí. 7:16,19,20; Ecl 2.6; Mar 14;3 e Luc 22:10).

A verdade toda é que o verso acima é uma descrição da velhice e suas respectivas enfermidades. Para uma melhor compreensão, rogo ao meu leitor que leia o verso 1 desse mesmo capítulo. Da leitura de todo o capítulo 12 – e principalmente do verso 6 – compreendemos que:

  1. Todos os dias devemos nos lembrar do Criador. Ele é a razão de tudo e de todos. Somos apenas nuvens passageiras. Mesmo assim, somos convidados a gozar de nossa mocidade, mas com a exata dimensão de nossa temporalidade. Afinal, somos pó e ao pó voltaremos um dia. Que não seja agora – ouço um leitor suplicar, no que concordo com ele, desde já;
  2. À medida que avançamos no tempo, sofreremos os rigores do tempo. Ou seja: a gente vai morrendo aos poucos, dia a dia, semana a semana, mês a mês, ano a ano – sem pressa. Fica sabido que tudo isso pode acabar numa enorme pressa: hoje mesmo – tudo depende dEle, sempre dEle;
  3. A vida tem alto valor diante de nosso Deus. A vida é dom de Deus e por ninguém deve(ria) ser tirada. A vida é também frágil. Portanto, não há “super homem / super mulher”, a não ser em nossas elucubrações e devaneios;
  4. Uma autoanálise deve(ria) ser feita de quando em vez e de vez em quando. Ajustes são necessários – aliás, imperativos! Não tenhamos medo de fazê-los. Velhas posições podem e devem ser abandonadas a fim de acolher-se o novo que  Deus proporciona;
  5.  Antes que se despedace o cântaro junto à fonte, faça pequena oração e agradeça a Deus por mais um dia de vida. Ah, caso você se lembre, inclua o meu nome em sua oração! Obrigado, desde já!

Que Deus tenha piedade de nós! Senhor, tende piedade de nós!

PCSampaio

Pastor e radialista em http://radiobenedictusfm.com

Skype pcesarsampaio

Email paulocesar@benedictus.com.br

 

Todo o castigo pra o ‘crente’ é pouco…

Jó 5:7

Mas o homem nasce para a tribulação, como as faíscas se levantam para voar.

Tribulação vem do grego thli-psis e significa angústia, dor, tristeza, etc. Fica sabido que tribulação não é coisa que aparece sem causa; ao contrário, é – quase sempre – o produto natural da maldade humana; ou mesmo um momento que Deus escolheu para nos provar a fé, e a partir daí, uma vez provados-aprovados, seguiremos com Cristo enfrentando a tudo e a todos (cf. Romanos 8.35-39).  De modo breve, que é nossa característica, analisemos o verso acima:

MAS  O  HOMEM NASCE PARA A TRIBULAÇÃO: essa é a verdade toda e total! Quem prega o contrário, mente de dia, de noite, de madrugada, sentado e em pé! Há uma casta de falsos sacerdotes declarando prosperidade e saúde sobre tudo e sobre todos; vociferam que todos nascemos para a prosperidade (afinal, Ele é  dono do ouro e da prata, blá, blá, blá). Até mesmo criaram uma “Teologia da Prosperidade”, rapidamente absorvida (e propagada) por gente com QI abaixo de 25 e queixo de Jacaré (quem lê, entenda!). Repito o que escrevi em texto anterior: Adão e Eva estragaram tudo e, até hoje, ‘estamos pagando o pato, ou o comer da fruta proibida’.

COMO AS FAÍSCAS SE LEVANTAM PARA VOAR: tente o meu distinto leitor  ‘pegar faíscas com as mãos enquanto elas voam’…!!! Impossível! Portanto, assuma a sua tribulação, o seu jugo, o seu fardo, e aguente até o fim. Ah, isso tudo pode durar uma noite, uma semana, um mês, um ano, ou mesmo vários anos. Ao final e ao cabo, se você se mantiver fiel, receberá a cora da vida – mas, só ao final (cf. Tiago 1.12).

E para não dizer(em) que não falei de flores, aqui vai o meu desejo sobre todos vocês: QUE SUPORTEM A TRIBULAÇÃO ATÉ O FIM!

Ah, e sejam bem-vindos à ‘Gangue dos Atribulados’.

Que Deus tenha piedade de nós! Senhor, tende piedade de nós!

PCSampaio

Pastor e radialista em http://www.radiobenedictusfm.coom

Skype pcesarsampaio    Email paulocesar@benedictus.com

 

O doce sabor de uma existência…

Salmos 104:33

Cantarei ao Senhor enquanto eu viver; cantarei louvores ao meu Deus, enquanto eu tiver existência.

Hoje, 01.03.2017, é uma Quarta-feira de Cinzas.

Milhões estão acordando agora, outros jamais acordarão porque perderam suas vidas nesse Carnaval; outros, ainda embriagados, não sabem como chegaram de volta às suas casas; outros, sofrendo forte ressaca, iniciam um processo de auto-análise e percebem que toda a folia, toda a “alegria”, todo o dinheiro gasto – tudo foi em vão! A vida real, a vida de verdade – toda a tristeza, todo o cansaço, todo o stress e todas as dívidas estão de volta e, agora, há um componente pior: o dinheiro foi todo gasto no Carnaval!  Agora é pedir emprestado aos familiares (e nunca pagá-los de volta!), agora é fazer empréstimos em bancos e, por não poder pagar os altíssimos juros, também não pagar o banco e ser por ele processado! E o ciclo da desgraça carnavalesca continua…

Enquanto isso o cristão-de-verdade vivencia o sabor de sua existência entre Doces & Amargos, com a prevalência do Doce. Dito de outra forma, a seguir:

CANTAREI AO SENHOR ENQUANTO EU VIVER: mesmo desafinado, melhor é cantar ao Senhor. O autêntico louvor chega às narinas de Deus como aroma suave que agrada a Ele, que sabe as reais intenções de nossos corações. Cante um hino ou mesmo um ‘corinho’. Vamos lá: cante, tente, cante e veja como isso vai lhe fazer bem! Quem canta nunca está sozinho – nunca! O Espírito Santo sempre está ao lado, ouvindo e recebendo o louvor.

CANTAREI LOUVORES AO MEU DEUS: sim – continue a cantar para agradar a Ele, e não a quem está em seu redor. Em todos os lugares, em todas as horas, em todas as circunstâncias, o louvor a Deus enorme bem faz.

ENQUANTO EU TIVER EXISTÊNCIA: a vida é curta – talvez 120 anos!? Depois dos 70, é canseira e enfado, diz a Bíblia. Enquanto viver, lembre-se de quem lhe deu a vida (mãe e pai). Mas, não se esqueça que a vida é dom de Deus. Assim, fica combinado que enquanto viver você deve(ria) dar graças.

O doce sabor da existência é – verdade seja sempre dita – cantar, e cantar e louvar, e louvar Aquele que morreu em nosso lugar: Jesus de Nazaré.

Que Deus tenha piedade de nós! Senhor, tende piedade de nós!

PCSampaio

Pastor e radialista em http://www.radiobenedictusfm.com

Skype pcesarsampaio  Email paulocesar@benedictus.com.br

 

Newer posts

© 2017 Benedictus

Theme by Anders NorenUp ↑